Como funciona a classificação fiscal (NCM) na importação


classificação de produtos ncm importação

Entender como funciona a classificação fiscal dos produtos que se deseja importar é de grande importância e pode livrar sua empresa de inúmeros problemas, incluindo multas caríssimas.


O que é NCM?


Toda mercadoria, importada ou comprada no Brasil, deve ter um código NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul). Esse código é aquele mesmo que é lançado na nota fiscal e/ou está presente em livros legais e outros documentos.


Esses códigos (NCM) são baseados no método internacional de classificação, o HS CODE (Sistema Harmonizado de Designação e Codificação de Mercadorias), objetivando que os itens sejam classificados de acordo com regulamentos do Mercosul.


A NCM é adotada pelos países membros do Mercosul desde janeiro de 1995. O código é composto por 8 dígitos, sendo que os seis primeiros representam a classificação HS CODE e os outros dois últimos dígitos são parte das especificações do próprio Mercosul.


Como funciona a tabela NCM?


A sistemática de classificação segue a seguinte estrutura:


0000.00.00

  • 2 primeiros dígitos do HS CODE – Capítulo: características de cada produto.

  • 4 primeiros dígitos do HS CODE – Posição: desdobramento da característica de uma mercadoria identificada no Capítulo.

  • 6 primeiros dígitos do HS CODE – Subposição: desdobramento da característica de uma mercadoria identificada no Capítulo.

  • 7º dígito da NCM – Item: classificação do produto.

  • 8º dígito da NCM – Subitem: classificação e descrição mais completa de uma mercadoria.

Uma pesquisa pelo código NCM 3102.50.11 permite determinar que se trata de:

  • Capítulo 31: Adubos ou fertilizantes.

  • Posição 3102: Adubos ou fertilizantes minerais ou químicos nitrogenados.

  • Subposição 3102.50: Nitrato de sódio.

  • Item 3102.50.1: Natural.

  • Subitem 3102.50.11: Com teor de nitrogênio não superior a 16,3%, em peso.


Pensando na provável dificuldade de encontrar um material de apoio que você teria, nós decidimos colocar a disposição de nossos assinantes um material, conhecido como TEC - Tarifa Externa Comum, para auxiliar nessa classificação. Para baixar esse conteúdo, basta acesse esse link: TEC - Classificação Fiscal de Mercadorias (NCM).


Por que é importante?


A NCM é muito útil na fiscalização e estabelecimento de políticas de defesa comercial (nos casos de importação e exportação, como valoração aduaneira, valores das mercadorias importadas), além de determinar a incidência de impostos envolvidos em cada item da nota fiscal, os impostos devidos e valores de acordo com o mercado nacional.


E se classificar errado?


Se o NCM for classificado de forma errada para determinado produto, muitas problemas podem surgir devido aos equívocos na identificação, e um deles está relacionado às alíquotas de tributos incidentes na comercialização e circulação desses produtos.


Isso pode incluir os seguintes impostos: IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), II (Imposto de Importação) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Em alguns casos, a mercadoria pode ficar retida na alfândega ou até mesmo ser devolvida ao país de origem.


Além de todas as implicações em uma classificação fiscal indevida, contribuintes e usuários podem ser prejudicados, já que é com base numa correta identificação da NCM que o Fisco estadual concede não só benefícios fiscais ou a aplicação da substituição tributária, como também reduções ou isenções.


Resumindo


A classificação fiscal correta dos seus produtos é de suma importância tanto para você como para o governo e órgãos reguladores. Portanto, essa classificação não deve ser feita de qualquer forma e exige uma atenção especial para que você não pague nem mais e nem menos do que precisa ser pago de tributos em cada importação.


Gostou das dicas? Quer ficar por dentro de vários outros procedimentos e ideias que podem te ajudar a fazer uma importação com sucesso? Baixe nossos conteúdos no site, curta nossa página no Facebook, inscreva-se no blog e nunca deixe de receber as postagens assim que elas forem publicadas.


#impostos #NCM #custos #alíquotas #comércioexterior #tradingcompanies #cuidadosnaimportação #riscos #fraude

Planilha de Custos

Faça uma simulação dos custos da sua importação de forma rápida e prática.

Posts Relacionados
Recent Posts